quinta-feira, 19 de setembro de 2013

Bancos públicos e privados estão em greve no RN a partir de hoje



Os bancários do Rio Grande do Norte entraram em greve e paralisaram as atividades a partir das 00h de hoje (19). A decisão foi tomada pela categoria em assembleia realizada na noite de ontem (18) no antigo Colégio Imaculada Conceição, na Avenida Deodoro da Fonseca. Segundo Marta Turra, coordenadora-geral do Sindicato dos Bancários do RN, a paralisação afetará tanto os bancos privados quanto os bancos públicos.
A categoria estava em indicativo de greve, aprovado em plenária no dia 12 de setembro, e deixou para essa quarta-feira (18) a decisão se entravam ou não definitivamente em greve.
De acordo com a coordenadora, a pauta de reivindicações da categoria envolve aspectos de ordem econômica, condições de trabalho e saúde. Um dos pontos da pauta é o reajuste salarial da categoria em 22%, cujo pagamento deve ser concluído em até três anos. “No setor privado, a defasagem desde a aplicação do Plano Real em relação à inflação é de 22%, enquanto no setor público chega a 90%”, afirma Turra. Ainda segundo a sindicalista, as negociações por melhorias estão paradas desde agosto e não há uma sinalização de oferta por parte dos bancos que se aproxime do pedido dos funcionários. Marta também diz que outro ponto reivindicado pelos bancários é a isonomia de direitos entre os trabalhadores antigos e os mais novos, como o anuênio e a licença premium. “Existe, dentro da categoria, um grupo majoritário de bancários que não tem os mesmos direitos dos que entraram até 1998″, diz.
“Os bancos ofereceram 6,1% de reajuste, que não dá nem a inflação. Dizem que não podem contratar, não podem fazer concurso, não podem dar isonomia de direitos, não podem fazer nada. Nossa pauta está totalmente rechaçada”, disse.
FONTE: Tribuna do Norte